Tag Archives: baixar grátis

Site convida os “criminosos” do P2P a mostrar a cara! Campanha: “É assim que um criminoso se parece”

19 fev

Você já baixou músicas, filmes e afins pela internet?

Pois é, então, para algumas pessoas, e algumas legislações, mesmo que sem intenção de lucro e para uso próprio, e ainda que o arquivo seja apagado imediatamente após você assistir ao filme (ou escutar sua música), você é um criminoso.

Neste momento, os responsáveis pelo site “The Pirate Bay” estão sendo julgados. Detalhe, o site nunca hospedou um arquivo pirata sequer! Continuar lendo

Julgamento do The Pirate Bay – acompanhe ao vivo, via internet

17 fev

O conhecido site de indexação de arquivos torrent,  “The Pirate Bay“, juntamente com seus reponsáveis Fredrik Neij, Gottfrid Svartholm, Peter Sunde e  Carl Lundstrom, estão sendo submetidos a julgamento, na cidade de Estocolmo, Suécia.

A decisão poderá firmar tendência e os rumos da internet, do compartilhamento de arquivos por redes P2P, e, engloba, até mesmo, a discussão recente no Brasil acerca da produção amadora de legendas.

Tudo isso resulta de ação da polícia sueca, que, em 31 de maio de 2006, invadiu os servidores do datacenter que hospedava o   “The Pirate Bay“, veja abaixo as imagens da ação policial:

Ontem, houve uma reviravolta no caso, quando os promotores foram forçados a retirar metade das acusações, tendo em vista a deficiência de suas provas.

Entre outras coisas, a acusação não poderia provar que os arquivos de torrent, utilizados como evidência, estavam, de fato, hospedados no tracker do “The Pirate Bay”  (a maioria das impressões de tela – screenshots – não continha indicação clara da conexão com o tracker).

Além disso, o promotor não havia esclarecido a função DHT que permite torrents sem trackers.

É possível acompanhar o julgamento, bem como sua repercussão, em “tempo real”, pelo Twitter.

Continuar lendo

Proteja seus arquivos e informações confidenciais! Conheça o “Steganos Safe One” (programa grátis)

8 fev

Nossa vida está cada dia mais integrada ao mundo digital: textos, fotos, músicas, documentos, e arquivos em geral, que são importantes, fundamentais (e muitas vezes, confidenciais), armazenados em mídias móveis, como pendrives, Ipod, discos rígidos (HD) externos e, em nossos laptops ou computadores.

E se você perde alugum destes dispositivos (ou pior, é roubado)?

Qual a segurança que você tem do uso que será feito pelo ladrão ou por quem encontrar seus arquivos?

Se você não gosta de contar com a bondade alheia, uma excelente opção é utilizar um programa de criptografia de dados.

Se a “al-qaeda” usa, e o “Daniel Dantas” também, e funciona para eles, com certeza é bom para reles mortais como nós.

Há muito tempo que admiro as soluções da empresa Steganos.

Eles foram pioneiros no desenvolvimento de uma tecnologia que permite criptografar um arquivo, e “embuti-lo” dentro do outro.

O conceito é antigo, esteganografia vem do grego,”escrita escondida” é o estudo e uso das técnicas para ocultar a existência de uma mensagem dentro de outra.

Então você integra um texto, criptografado, o esconde dentro de uma foto, por exemplo, e manda a foto para o receptor por e-mail.

Só ele e você sabem que lá dentro há o texto, e, para abrir, ele precisa da senha. Caso contrário, impossível.

Essa é outras funcionalidades interessantes são encontradas na suite paga de segurança, mais completa que eles comercializam, o “Steganos Privacy Suite™ 2008

Mas, se você somente quer um local para proteger seus dados, e não quer gastar um centavo com isso, a Steganos também oferece uma opção totalmente grátis: o Steganos Safe One.

O Steganos Safe One é um aplicativo que proporciona grande segurança e proteção para seus arquivos e dados sensíveis. Continuar lendo

Jack Johnson, G. Love, Zach Gill e “The Leotards” tocando juntos

6 fev

Após uma semana estressante, nada melhor que boa música para relaxar e se divertir.

Embora gosto seja algo bastante discutível, domingo fiz um post sobre o artista G. Love, o grupo Special Sauce e a cantora e artista plástica Tristan Prettyman, que produzem um som que mistura hip-hop instrumental e surf music.

Acho o “Youtube” um site incrível, principalmente pela facilidade de proporcionar um meio para que pessoas “comuns” compartilhem momentos interessantes, registrados em vídeo.

Abaixo, o grupo “The Leotards” toca algumas músicas em uma praça, com ninguém menos que Jack Johnson, G. Love,  e Zach Gill (um grande músico, multi-instrumentista, que dá um show à parte com o acordeão), tudo gravado antes de um show da banda, em 12 de julho de 2008.

A versão acústica de “Girl I wanna lay you down” é muito, muito boa:

“Manifesto de Apoio ao Legendas.tv e à produção amadora de legendas em idioma português”

6 fev

Aos, usuários de cultura digital
Manifesto meu apoio à livre criação e distribuição de legendas, sem qualquer intento de obtenção de lucro, bem como meu repúdio às práticas de pirataria.
Declaro, ainda, que a produção, promoção e difusão de legendas, em caráter amador, se traduzem em meio legítimo de democratização e garantia de acesso à cultura digital, produzida em outros idiomas e disponível da rede mundial de computadores.
Entendo, portanto, ser a criação de legendas, em si, uma forma de livre manifestação artístico-cultural; e, ao mesmo tempo, de promoção do acesso universal à cultura estrangeira, no idioma do país exibidor.
Finalmente, consigno meu apoio à manutenção e imediato retorno do sítio “Legendas.tv”, maior repositório em língua portuguesa de tais obras artísticas.
Sinceramente
,”

clique aqui para assinar

O “Dicas Interessantes“, criou, em 03.02.09 – 19:09h., o “Manifesto de Apoio ao Legendas.tv e à produção amadora de legendas em idioma português,  lançado com o post que escrevi por conta do fechamento do “Legendas.tv”,  “considerando a participação intensa dos usuários e leitores do blog na enquete formulada,  bem como tomando em consideração os comentários lançados pelo público, achei importante instituir um canal para que aqueles que apoiam a criação amadora de legendas possam expressar sua opinião de maneira uniforme.” Continuar lendo

InSubs fora do ar! Saiba mais detalhes sobre o fechamento!

5 fev

UPDATE 18.02.09- 10:00h. – A página da equipe “InSubs“está fora do ar, desde as 16:00h. de ontem, dia 17/02 – provavelmente em consequência de ataques hackers a que estava sendo submetida.

UPDATE 10.02.09- 21:30h. – A equipe responsável pelo InSubs, trouxe de volta ao ar seu site! (veja mais detalhes no fim do post).

05.02.09- 13:02h.O conhecido portal de legendas brasileiro, InSubs,  também está “indisponível”.

O portal é responsável por legendar diversas séries de TV, como House e Gossip Girl – e havia sido o único indicado pelo blog do “Legendas.tv” como alternativa de download de legendas (daí , talvez, a razão de ter atraído atenção excessiva para si – e o consequente “fechamento”).

Novamente, o motivo de “fechamento” se deve, segundo informações apuradas (mas não confirmadas oficialmente pela referida associação), por ação da APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música), que teria solicitado a remoção do site do servidor em que estava hospedado, como ocorrido anteontem com o “Legendas.tv”.

A equipe responsável pelo InSubs já criou um blog para hospedar as legendas produzidas pelo grupo, por enquanto. (vamos ver se o serviço de blog não vai retirá-lo do ar, também – esperamos que não…) Continuar lendo

Site da APCM é alvo de hackers!

4 fev

O site da APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música), a tal associação que requisitou a remoção do “Legendas.tv”, está sofrendo, desde ontem, ataques de hackers.

Ontem à noite, quem acessava o site recebia uma caixa de diálogo com a mensagem de “Viva os downloads”, e depois, em uma fina ironia, era redirecionado ao site Mininova.org, um dos maiores portais de indexação de arquivos torrent da atualidade.

Neste momento, às 10:58h. de 04.02.09, o site da APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música) encontra-se fora do ar, quiçá pelo sem número de acessos de usuários revoltados com a ação “antipirataria” desencadeada, ou mesmo como uma repercussão do ataque de redirecionamento a que foram vítimas ontem.

Fico imaginando a caixa postal do “fale conosco” da referida Associação, que deve ter recebido milhares de mensagens de protesto contra a medida.

Além disso, também penso que, para os canais de TV e estudios de cinema que são representados pela  APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música), a ação da associação solicitando a remoção do “Legendas.tv” não deve ter sido uma boa estratégia de marketing, pelo contrário! Continuar lendo

Novas versões do Skype e Google Earth lançadas.

3 fev

Foram lançadas hoje versões atualizadas de dois ótimos softwares: o Google Earth e o Skype 4.0.

Enquanto o aplicativo do Google permite, nesta nova versão, entre outras novidades, a  navegação simulada do usuário pelos Oceanos; o novo Skype promete grandes melhorias na qualidade de ligação, com um novo codec de som, que, por conta de maior compactação dos dados que trafegam na rede, utiliza cerca de metade da banda de conexão da versão anterior.

Além disso, o programa tem capacidade de transmitir, em banda larga, vídeo de alta qualidade, com 30 quadros por segundo.

Por isso, segundo o desenvolvedor do Skype 4.0, a qualidade de áudio deve ser significativamente melhorada, mesmo para pessoas que não possuem uma conexão de internet rápida. Continuar lendo

Piratearam o pirata! E agora? Desenvolvedor do “Crackulous” reclama de pirataria…

3 fev

Esta é ótima!

A iTunes Store, loja que vende on-line, entre outras coisas, os aplicativos para o Iphone, possui um sistema de proteção contra cópia, que impede que o aplicativo seja compartilhado e copiado para terceiros pelo comprador original.

Ocorre que um programador desenvolveu um software, chamado  “Crackulous”, que remove justamente esta proteção, possibilitando o compartilhamento e distribuição de aplicativos para Iphone (que seriam pagos), sem qualquer controle.

Até aí, nenhuma novidade.

A situação beirou o surrealismo quando o próprio criador do programa “Crackulous” reclamou com Adam Frucci, do blog Gizmodo, de que o link constante da reportagem sobre o software pirateador, se referia, na verdade, a uma versão pirateada de seu programa.

Ou seja, piratearam o pirata (e ele achou ruim)! Continuar lendo

%d blogueiros gostam disto: